O que é Divórcio Judicial?

O divórcio judicial será realizado quando existir filhos menores de idade ou se o casal estiver em constante conflito (litigioso). Ressalta-se que não será de comum acordo quando um dos cônjuges não concordar com algum dos termos do divórcio, seja a divisão dos bens, fixação da guarda entre outros detalhes.

Valores

O divórcio judicial será realizado quando existir filhos menores de idade ou se o casal estiver em constante conflito (litigioso). Ressalta-se que não será de comum acordo quando um dos cônjuges não concordar com algum dos termos do divórcio, seja a divisão dos bens, fixação da guarda entre outros detalhes.

Requisitos do Divórcio Judicial?

O divórcio judicial será realizado quando existir filhos menores de idade ou se o casal estiver em constante conflito (litigioso). Ressalta-se que não será de comum acordo quando um dos cônjuges não concordar com algum dos termos do divórcio, seja a divisão dos bens, fixação da guarda entre outros detalhes.

O divórcio judicial será realizado quando existir filhos menores de idade ou se o casal estiver em constante conflito (litigioso). Ressalta-se que não será de comum acordo quando um dos cônjuges não concordar com algum dos termos do divórcio, seja a divisão dos bens, fixação da guarda entre outros detalhes.

reconhecimento
de paternidade

Clique aqui e

Fale comigo 

pelo Whatsapp

Advogado icone.png

Tire todas suas dúvidas sobre Reconhecimento de Paternidade. 

Escolha uma das opções a seguir:

 

O que é ?

A ação de reconhecimento de paternidade é realizada quando existe consensualidade sobre a paternidade, sendo útil principalmente para que se formalize legalmente, a fim de surtir todos os efeitos legais provindos da condição de filho.

Já nos casos em que existe a dúvida ou o litígio sobre a paternidade, é necessário que seja proposta a Ação de Investigação de Paternidade, muito parecida com a ação de reconhecimento, sendo necessária sempre que não houver consensualidade entre os pais.

 

Quanto custa um processo de Investigação de Paternidade?

O valor dos honorários advocatícios para a propositura de Ação de Investigação ou Reconhecimento de Paternidade no Brasil é em média R$3.500,00, podendo variar de estado para estado e de acordo com o caso específico.

Solicite aqui um Orçamento Online para tratar da sua Ação de Investigação ou Reconhecimento de Paternidade. Dividimos o pagamento em até 12X.

PARCELAMOS EM ATÉ 12X NO CARTÃO.

CLIQUE AQUI E AGENDE AGORA UMA CONSULTA COM UM ADVOGADO, SEM CUSTO E SEM COMPROMISSO, PARA TRATAR DO SEU PROCESSO DE INVESTIGAÇÃO DE PATERNIDADE.

CARTÃO.png
 

Dúvidas frequentes

O que precisa para fazer o reconhecimento de paternidade?

Para reconhecer um filho por escritura pública é necessário o comparecimento pessoal do pai (que deve ser maior de 16 anos) no Cartório de Notas, portando os seus documentos pessoais (RG e CPF originais) e cópia da certidão de nascimento do filho.

Fonte:https://www.3cartoriosaocaetano.com.br/wp-content/uploads/2017/05/Reconhecimento_Paternidade.pdf

Qual é a natureza do ato de reconhecimento de paternidade?

O ATO DE RECONHECIMENTO DA PATERNIDADE

É constitutivo de estado porque é dele que decorre a paternidade, ou seja, é através dele que o homem investe-se juridicamente da condição de pai, inserindo também no estado do filho os seus parentes (avós, tios, etc.).

Fonte:https://jus.com.br/artigos/5492/reconhecimento-da-paternidade

Quanto tempo demora para sair o resultado do exame de DNA pela justiça?

Tudo depende do que está sendo analisado no teste de DNA. Sequenciamentos de todo o DNA, como os feitos nos testes de paternidade, podem demorar até 2 semanas. Já exames que procuram mudanças específicas no DNA podem demorar até menos de 24 horas.

Fonte:https://www.minhavida.com.br/saude/tudo-sobre/22703-teste-de-dna

Como é o processo de reconhecimento de paternidade?

A investigação de paternidade é uma ação judicial que ocorre quando o investigado se recusa a contribuir para a elucidação dos fatos extrajudicialmente ou se nega a submeter-se ao teste de DNA ou, ainda, quando, realizado o teste com resultado positivo, se recusa ao reconhecimento da criança.

Fonte:http://mppr.mp.br/pagina-6664.html

Quando o Pai quer reconhecer a paternidade?

O reconhecimento pode ser pedido pela mãe se o filho for menor de idade, ou pelo próprio filho se ele já tiver 18 anos. O pai pode também reconhecer o filho espontaneamente. Neste caso, o pai deve ir ao cartório onde a criança foi registrada.

Fonte:http://g1.globo.com/jornal-hoje/noticia/2014/05/saiba-o-que-e-necessario-para-obter-o-reconhecimento-de-paternidade.html

Como fazer para colocar o nome do pai na certidão de nascimento?

Vocês (seu pai, sua mãe e sua pessoa) poderão com RG e CPF comparecer a Cartório e fazer a escritura de reconhecimento de paternidade. Já com a certidão de nascimento com o nome de seu pai, então você através de um advogado fará o Suprimento (Retificação) do nome de seu pai.

Fonte:https://jus.com.br/duvidas/65849/inclusao-do-nome-do-pai-no-registro-de-nascimento

 

.

Quando o pai não registra o filho?

Nesse caso, para registrar o filho, o pai não precisa necessariamente estar presente, basta que a mãe apresente a certidão de casamento (comprovando que o filho nasceu durante o matrimônio), e será colocado o nome do marido como pai da criança. ... Neste caso, a presunção da paternidade não existe.

Fonte:https://direitofamiliar.jusbrasil.com.br/artigos/463393063/meu-filho-nao-tem-pai-no-registro-e-agora

Quais são as formas de reconhecimento de um filho?

Na verdade as duas ações recaem sobre o mesmo objeto. ... São ações idênticas, porém, a ação de Investigação seria em caso de litígio ou dúvida sobre a paternidade, já a de reconhecimento, implica em consensualidade sobre a paternidade e se busca somente o reconhecimento jurídico para que surtam todos os efeitos legais.

Fonte:https://jus.com.br/duvidas/328036/reconhecimento-ou-investigacao-de-paternidade

Em que situações há a presunção da paternidade?

A presunção de paternidade prevista no art. 1597 do Código Civil não é aplicável à espécie, porquanto esta vige nos casos em que a criança nasce depois de 180 dias do início da convivência conjugal. Na espécie, a criança foi gerada um mês após o matrimônio.

Fonte:https://www.jusbrasil.com.br/busca?q=Art.+1597+do+C%C3%B3digo+Civil

Como reconhecer filho já registrado?

Reconhecimento de paternidade no cartório de registro civil – genitor (pai): O genitor pode requerer o reconhecimento de paternidade tardia espontânea, diretamente no cartório de registro civil, independente do cartório que registrou o nascimento do filho, porém a genitora deverá acompanhar a manifestação desta ...

Fonte:http://blog.cartorio24horas.com.br/reconhecimento-de-paternidade-no-cartorio-de-registro-civil/

Quem pode pedir reconhecimento de paternidade?

Quem pode pedir a investigação de paternidade? O processo de investigação de paternidade de um menor de 18 anos deve ser aberto pela mãe do menor, representada por um advogado. Sendo maior de idade, a própria pessoa pode abrir o processo - mas também deve ser representada por um advogado.

Fonte:https://arpen-sp.jusbrasil.com.br/noticias/2526385/investigacao-de-paternidade-tire-suas-duvidas

Quanto tempo demora para sair resultado DNA Imesc?

O laudo de resultado do exame de DNA deverá ser encaminhado pelo IMESC à Promotoria em cerca de 30 dias (nos exames feitos na Capital) e em cerca de 60 dias (nos exames feitos nos postos do interior).

Fonte:http://www.mpsp.mp.br/portal/page/portal/Civel_Geral/Termos_de_cooperacao/Roteiro%20pr%C3%A1tico%20do%20conv%C3%AAnio%20IMESC.pdf

Como é o resultado de um exame de DNA?

O resultado do teste aparece em porcentagens, mas geralmente com as descrições na frente e na parte de baixo vem escrito a probabilidade da paternidade ou a exclusão da mesma.

Fonte:http://labfreire.com/como-saber-se-o-teste-de-dna-deu-positivo-ou-negativo/

Quais são as chances de um exame de DNA dar errado?

Temos que tomar muito cuidado quando afirmamos que exames – inclusive o de DNA – provam alguma coisa. ... O DNA não é exceção. Os erros são pouquíssimos: é quase sempre abaixo de 1 erro por 100 mil. Isso dá uma possibilidade 99,99% de certeza

Fonte:http://direito.folha.uol.com.br/blog/dna-no-prova-irrefutvel

Quem paga o exame de DNA na ação de investigação de paternidade?

Estado deve pagar exame de DNA para beneficiários de justiça gratuita. A 3ª turma do STJ aplicou as novas disposições do CPC e estabeleceu que cabe ao Estado custear o exame de DNA em ação de investigação de paternidade para os beneficiários da assistência judiciária gratuita.

Fonte:https://www.migalhas.com.br/quentes/302677/estado-deve-pagar-exame-de-dna-para-beneficiarios-de-justica-gratuita

O que é uma ação de investigação de paternidade?

A investigação de paternidade é uma ação judicial que tem lugar quando o investigado se recusa a contribuir para o esclarecimento dos fatos acerca da paternidade, nega-se a fazer teste de DNA ou ainda quando, havendo resultado positivo, não procede ao reconhecimento do filho.

Fonte:https://gustavonardelliborges.jusbrasil.com.br/artigos/726883927/acao-de-investigacao-de-paternidade

Quem é o autor na ação de investigação de paternidade?

Pede-se investigação de paternidade para declarar que o réu é pai do autor, e, em consequência determinar averbação, à margem do registro de nascimento do autor, acrescendo o nome do pai e dos avós paternos, bem como o acréscimo do sobrenome paterno ao nome do autor.

Fonte:https://jus.com.br/peticoes/68261/peticao-de-investigacao-de-paternidade

Tem como retirar o nome do pai na certidão de nascimento?

Uma das expressões concretas do princípio da dignidade da pessoa humana é o direito ao nome. Nesse sentido, caso o sobrenome não corresponda à realidade familiar da pessoa, ela pode alterá-lo sem que isso afete seu vínculo como filho no registro civil.

Fonte:https://www.conjur.com.br/2014-mar-17/excluir-sobrenome-pai-biologico-nao-altera-filiacao-decide-tj-rj

É necessário o nome do pai no registro de nascimento?

Nome do pai em registro de nascimento poderá ser aceito como presunção da paternidade. O Projeto de Lei 973/19 permite à mãe requerer provisão de alimentos para o filho desde o nascimento quando o nome do pai constar na Declaração de Nascido Vivo, bem como no Registro de Nascimento.

Fonte:https://www.camara.leg.br/noticias/556655-nome-do-pai-em-registro-de-nascimento-podera-ser-aceito-como-presuncao-da-paternidade/

Quanto tempo o pai tem para registrar o filho?

A norma sancionada pela presidente Dilma Rousseff equipara legalmente mães e pais quanto à obrigação de registrar o recém-nascido. Conforme o texto, cabe ao pai ou à mãe, sozinhos ou juntos, o dever de fazer o registro no prazo de 15 dias.

Fonte:https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2015/03/31/agora-e-lei-mae-pode-registrar-filho-no-cartorio-sem-a-presenca-do-pai

O que acontece se não registrar o bebê?

Se a criança não for registrada nesse período, há multa? ... Se passar esse tempo, os pais não pagarão multa, mas o registro só poderá ser feito no cartório da circunscrição em que está a residência dos pais. Por que fazer o registro? O registro garante à criança o direito a uma identidade.

Fonte:https://www.gazetadopovo.com.br/viver-bem/saude-e-bem-estar/maternidade/11-questoes-na-hora-de-registrar-seu-filho/

Quais os direitos de um filho não registrado?

O filho não registrado pelo pai tem direito à herança se a paternidade for confirmada. A partir desse momento, deverá ser tratado como herdeiro necessário. Em todo esse processo, o auxílio do advogado é fundamental.

Fonte:https://aradvogadosreunidos.com.br/filho-nao-registrado/

Como poderá haver o reconhecimento de um filho fora do casamento?

N"Art. 1.609. O reconhecimento dos filhos havidos fora do casamento é irrevogável e será feito: ... De fato, preceitua o primeiro: "O filho havido fora do casamento pode ser reconhecido pelos pais conjunta ou separadamente".

Fonte:http://fundacaotelefonicavivo.org.br/promenino/trabalhoinfantil/promenino-ecacomentario/eca-comentado-artigo-26livro-1-tema-filho/

O que é presunção legal de paternidade?

 presunção de paternidade não é juris et de jure ou absoluta, mas juris tantum ou relativa, no que concerne ao pai, que pode elidi-la, provando o contrário. Essa ação negatória de paternidade é de ordem pessoal, sendo privativa do marido, pois só ele tem legitimatio ad causam para propô-la.

Fonte:https://www.direitonet.com.br/artigos/exibir/1805/Nocoes-sobre-o-reconhecimento-de-paternidade

Advogados para o seu Divórcio

Rua da Bahia 905, salas 905/906 - Centro Belo Horizonte

Tel.: (31) 2555-8280 Whatsapp: (31) 2555-8280

Email: jeanpierreadvg@gmail.com             
© 2019 - Direitos reservados.