O que é Divórcio Judicial?

O divórcio judicial será realizado quando existir filhos menores de idade ou se o casal estiver em constante conflito (litigioso). Ressalta-se que não será de comum acordo quando um dos cônjuges não concordar com algum dos termos do divórcio, seja a divisão dos bens, fixação da guarda entre outros detalhes.

Valores

O divórcio judicial será realizado quando existir filhos menores de idade ou se o casal estiver em constante conflito (litigioso). Ressalta-se que não será de comum acordo quando um dos cônjuges não concordar com algum dos termos do divórcio, seja a divisão dos bens, fixação da guarda entre outros detalhes.

Requisitos do Divórcio Judicial?

O divórcio judicial será realizado quando existir filhos menores de idade ou se o casal estiver em constante conflito (litigioso). Ressalta-se que não será de comum acordo quando um dos cônjuges não concordar com algum dos termos do divórcio, seja a divisão dos bens, fixação da guarda entre outros detalhes.

O divórcio judicial será realizado quando existir filhos menores de idade ou se o casal estiver em constante conflito (litigioso). Ressalta-se que não será de comum acordo quando um dos cônjuges não concordar com algum dos termos do divórcio, seja a divisão dos bens, fixação da guarda entre outros detalhes.

Alienação 
PArental

Tire todas suas dúvidas sobre Alienação Parental. Escolha uma das opções a seguir:

 
 

Clique aqui e

Fale comigo 

pelo Whatsapp

Advogado icone.png

O que é ?

A Alienação Parental ocorre quando um dos genitores, sem motivos reais, realiza a manipulação psicológica do(s) filho(s) em relação ao outro genitor, imputando-lhe falsas qualidades a fim de causar na criança, em relação ao outro pai, sentimentos como medo, repulsa e raiva, de modo injustificado. A alienação parental também pode ocorrer entre outros parentes, não sendo necessariamente o pai ou a mãe.

JP

VALORES

O valor dos honorários advocatícios para a solução de problemas relacionados à Alienação parental pode variar de acordo com cada caso. Custa, em média, R$1.800,00.

Solicite aqui um Orçamento Online para tratar do seu caso relacionado à Alienação Parental. Dividimos o pagamento em até 12X.

PARCELAMOS EM ATÉ 12X NO CARTÃO.

CLIQUE AQUI E AGENDE AGORA UMA CONSULTA COM UM ADVOGADO, SEM CUSTO E SEM COMPROMISSO, PARA TRATAR DO SEU CASO DE ALIENAÇÃO PARENTAL.

CARTÃO.png
 

Dúvidas frequentes

Quando ocorre a alienação parental?

Alienação parental é caracterizada quando há uma lavagem cerebral na criança, ou seja, quando uma mãe ou um pai imputa características falsas do outro genitor à criança e isso faz com que ela deteste o outro genitor, que normalmente não é o guardião.

Fonte: http://g1.globo.com/globo-news/noticia/2014/07/direito-de-familia-alienacao-parental-2014-07-02.html

É crime alienação parental?

De acordo com a nova lei, quem pratica atos de alienação parental pratica também crime, podendo incorrer em penas de prisão preventiva ou por descumprimento de medidas protetivas garantidas pelo ECA e pela Lei Maria da Penha, dentre outras penalidades.

fonte:https://jus.com.br/artigos/65400/alienacao-parental-e-crime

Quais são as condutas que podem caracterizar a alienação parental?

Os atos de alienação parental podem ser identificados como aqueles que desabonam a imagem do outro genitor - criação de falsas memórias, imputação de calúnia, dificuldade/embaraço aos encontros/visitas entre filho e pai, filho e mãe – sendo que nem sempre e necessariamente o genitor é o único possível autor...

fonte:https://jus.com.br/artigos/49834/alienacao-parental-identificacao-e-seus-efeitos-danosos

Quais os sintomas de alienação parental?

Quando surge a suspeita de prática de alienação parental por um dos genitores, alguns sintomas podem ser identificados na criança vítima desta situação, tais como: ansiedade, nervosismo, agressividade, depressão, transtorno de identidade, falta de organização, isolamento, insegurança, dificuldades de aprendizado...

Fonte:https://direitofamiliar.jusbrasil.com.br/artigos/404394970/quais-os-sintomas-da-alienacao-parental-como-se-deve-proceder-nesses-casos

Qual a pena para quem comete o crime de alienação parental?

Originariamente, o projeto da Lei de Alienação Parental previa, em seu artigo 10, modificações no Estatuto da Criança e do Adolescente, classificando a prática de alienação parental como um crime, a ser punido com pena de detenção de seis meses a dois anos.

Fonte:https://direitofamiliar.jusbrasil.com.br/artigos/413452132/alienacao-parental-e-crime

O que fazer em caso de alienação parental?

o juiz poderá, dependendo da gravidade da prática, “declarar ocorrência de alienação parental e advertir o alienador; ampliar o regime de convivência familiar em favor do genitor alienado; estipular multa ao alienador; determinar acompanhamento psicológico e/ou biopsicossocial...

Fonte:https://leiturinha.com.br/blog/tudo-o-que-voce-precisa-saber-sobre-alienacao-parental/

O que o juiz pode fazer em caso de alienação parental?

Nos casos de alienação parental o juiz poderá: advertir o alienador, ampliar o regime de convivência familiar em favor do genitor alienado, estipular multa ao alienador, determinar acompanhamento psicológico e/ou biopsicossocial, determinar a alteração da guarda para guarda compartilhada ou sua inversão...

Fonte:https://ednalvacoelho.jusbrasil.com.br/artigos/297116196/o-que-o-juiz-pode-fazer-em-casos-de-alienacao-parental

Como se comprova a alienação parental?

Mantenha um registro diário de tudo o que acontece com seu filho, incluindo todas as conversas e os incidentes com o outro pai. Seus registros podem ser extremamente importantes na hora de provar a alienação parental, que significa simplesmente desmentir as acusações do outro pai.

Fonte:https://ambitojuridico.com.br/cadernos/direito-civil/alienacao-parental-meios-de-prova/

Qual a diferença entre alienação parental é a síndrome da alienação parental?

“ A Síndrome da Alienação Parental não se confunde com Alienação Parental, pois que aquela geralmente decorre desta, ou seja, enquanto a Alienação Parental se liga ao afastamento do filho de uma pai através de manobras da titular da guarda, a Síndrome, por seu turno, diz respeito, às questões emocionais, aos danos 

Fonte:https://ambitojuridico.com.br/edicoes/revista-171/alienacao-parental-as-duas-facetas-da-lei/

Como a alienação parental deve ser coibida?

Como a alienação parental deve ser coibida? Tão logo seja identificada, a prática deve ser coibida e devem ser adotadas as medidas para a preservação da integridade psicológica da criança, sendo importante o acompanhamento psicológico de todos os envolvidos, podendo a questão ser tratada no âmbito judicial.

Fonte:http://mppr.mp.br/pagina-6665.html

Quais são as causas da alienação parental?

A alienação parental causa danos psicológicos às vítimas. Desde 2010 tornou-se possível, juridicamente, proteger crianças e adolescentes que sofrem com determinadas ações dos pais. Podem ser sérias as consequências de uma separação ou divórcio litigioso para seus filhos.

Fonte:https://www.vittude.com/blog/alienacao-parental/

Quem pratica a alienação parental?

Só os pais podem praticar a alienação parental? Não. A alienação pode ser praticada tanto pelos pais, quanto pelos avós do menor e, ainda, por aquele que, ainda que não estejam entre os pais e avós, têm o menor sob a sua autoridade.

Fonte:http://www.justificando.com/2015/04/01/8-perguntas-sobre-alienacao-parental-a-construcao-do-desamor/

Quando a mãe esconde o filho do pai?

A mãe que impede o pai de ver a filha injustificadamente pratica alienação parental e, por isso, deve indenizar o pai da criança. Com esse entendimento, o juiz da 2ª Vara Cível de Taguatinga (DF) condenou a mãe de menor e autora de processo a indenizar o suposto réu (pai da criança) pelos danos morais causados a este.

Fonte:https://www.conjur.com.br/2016-jan-25/mae-justica-pai-condenada-alienacao-parental

Quais as consequências da alienação?

Como consequência, o filho influenciado ou alienado, pode apresentar sentimentos constantes de raiva, tristeza, mágoa, ódio, contra o outro genitor e sua família; se recusar a ter qualquer comunicação com o outro genitor e familiares; guardar sentimentos negativos, exagerados ou não verdadeiros com relação ao outro ...

Fonte:https://www.senado.gov.br/noticias/jornal/cidadania/Ado%C3%A7%C3%A3o/not002.htm

qual a pena para alienação parental?

Originariamente, o projeto da Lei de Alienação Parental previa, em seu artigo 10, modificações no Estatuto da Criança e do Adolescente, classificando a prática de alienação parental como um crime, a ser punido com pena de detenção de seis meses a dois anos.

Fonte:https://direitofamiliar.jusbrasil.com.br/artigos/413452132/alienacao-parental-e-crime#:~:text=Originariamente%2C%20o%20projeto%20da%20Lei,seis%20meses%20a%20dois%20anos.

Como posso provar que estou sofrendo alienação parental?

Mantenha um registro diário de tudo o que acontece com seu filho, incluindo todas as conversas e os incidentes com o outro pai. Seus registros podem ser extremamente importantes na hora de provar a alienação parental, que significa simplesmente desmentir as acusações do outro pai.

Fonte:https://ambitojuridico.com.br/cadernos/direito-civil/alienacao-parental-meios-de-prova/

Como reverter alienação parental?

É difícil reverter a síndrome da alienação parental. O tratamento seria a psicoterapia, inclusive para os pais que são, na verdade, os mais “adoecidos”.

Fonte:É difícil reverter a síndrome da alienação parental. O tratamento seria a psicoterapia, inclusive para os pais que são, na verdade, os mais “adoecidos”.

Advogados para o seu Divórcio

Rua da Bahia 905, salas 905/906 - Centro Belo Horizonte

Tel.: (31) 2555-8280 Whatsapp: (31) 2555-8280

Email: jeanpierreadvg@gmail.com             
© 2019 - Direitos reservados.