O que é Divórcio Judicial?

O divórcio judicial será realizado quando existir filhos menores de idade ou se o casal estiver em constante conflito (litigioso). Ressalta-se que não será de comum acordo quando um dos cônjuges não concordar com algum dos termos do divórcio, seja a divisão dos bens, fixação da guarda entre outros detalhes.

Valores

O divórcio judicial será realizado quando existir filhos menores de idade ou se o casal estiver em constante conflito (litigioso). Ressalta-se que não será de comum acordo quando um dos cônjuges não concordar com algum dos termos do divórcio, seja a divisão dos bens, fixação da guarda entre outros detalhes.

Requisitos do Divórcio Judicial?

O divórcio judicial será realizado quando existir filhos menores de idade ou se o casal estiver em constante conflito (litigioso). Ressalta-se que não será de comum acordo quando um dos cônjuges não concordar com algum dos termos do divórcio, seja a divisão dos bens, fixação da guarda entre outros detalhes.

ação
trabalhista 

Tire todas suas dúvidas sobre Ação trabalhista. 

Escolha uma das opções a seguir:

 
 

Clique aqui e

Fale comigo 

pelo Whatsapp

Advogado icone.png

O que é ?

Ação trabalhista é a denominação que se dá ao direito de provocar o exercício da tutela jurisdicional pelo Estado, para solucionar uma controvérsia existente entre os sujeitos da relação de trabalho, geralmente o trabalhador e empregador ou tomador de serviço.

Quanto custa um processo de Ação trabalhista?

O valor dos honorários advocatícios para a propositura de Ação trabalhista varia de caso a caso podendo ser entre 20 a 30% do valor total obtido no final da ação. Pagamento apenas em caso de êxito no final da ação.

PARCELAMOS EM ATÉ 12X NO CARTÃO.

CLIQUE AQUI E AGENDE AGORA UMA CONSULTA COM UM ADVOGADO, SEM CUSTO E SEM COMPROMISSO, PARA TRATAR DO SEU PROCESSO DE AÇÃO TRABALHISTA.

CARTÃO.png
 

Dúvidas frequentes

O divórcio judicial será realizado quando existir filhos menores de idade ou se o casal estiver em constante conflito (litigioso). Ressalta-se que não será de comum acordo quando um dos cônjuges não concordar com algum dos termos do divórcio, seja a divisão dos bens, fixação da guarda entre outros detalhes.

Como entrar com ação trabalhista contra empresa?

Se o trabalhador quiser abrir um processo trabalhista contra seu empregador, o recomendável é que procure por um advogado especializado na área trabalhista. Após a consulta com o advogado, se o empregado decidir processar a empresa, assinará a documentação necessária para dar início no processo.

Fonte: https://eieiri.jusbrasil.com.br/artigos/475606798/como-funciona-um-processo-trabalhista

Quanto tempo prescreve uma ação trabalhista?

A CLT, em seu artigo 11, trata do prazo prescricional aplicável ao Direito do Trabalho. Neste artigo está definido que prescreve em 5 anos a pretensão de se obter algum direito decorrente às relações de trabalho (prescrição quinquenal), limitados a 2 anos após o término do contrato de trabalho (prescrição bienal).

 Fonte:https://direitoreal.com.br/artigos/como-ficou-a-prescricao-trabalhista

Qual o tempo máximo de um processo trabalhista?

Esse tempo é chamado de prescrição trabalhista. De acordo com a legislação, os colaboradores possuem o prazo de 2 anos para abrirem o processo na Justiça do Trabalho, independente da causa da demissão.

Fonte: https://www.pontotel.com.br/processo-trabalhista-entenda/

O que acontece depois da sentença trabalhista?

Após o trânsito em julgado, um contador judicial será designado para “liquidar a sentença”, ou seja, calcular os valores devidos. Feito isto, o juiz homologará os cálculos e o empregador será citado para efetuar o pagamento.

Fonte: https://vanessadeandradepinto.jusbrasil.com.br/artigos/510342901/processos-trabalhistas-conheca-quais-sao-as-etapas-de-uma-acao-judicial

Quais são as etapas de um processo trabalhista?

O processo trabalhista conta com 5 etapas: petição inicial, audiências, sentença, recursos e execução.

Fonte:https://blog.unyleya.edu.br/vox-juridica/guia-de-carreiras4/processo-trabalhista-conheca-as-5-etapas-que-o-constituem/

Quanto tempo demora para receber depois da sentença?

 O Código de Processo Civil/2015, repetindo a disposição da lei anterior (CPC/1973), determina que a parte condenada por decisão judicial ao pagamento de quantia certa, tem o prazo de 15 dias para cumprir a sentença espontaneamente.

Fonte: http://www.rkladvocacia.com/prazo-para-pagamento-da-condenacao-judicial-15-dias-uteis-ou-corridos/

Tem como a empresa saber se tenho processo trabalhista?

Hoje, uma empresa não tem como saber se um profissional está movendo uma ação trabalhista”, explica Sarita. Ao que parece, em um processo de seleção, o novo empregador apenas consegue consultar se o candidato está sendo processado. Ou seja, se alguém está movendo uma ação contra ele, e não o contrário.

Fonte: https://www.infomoney.com.br/carreira/processou-uma-empresa-saiba-se-sua-atitude-pode-prejudica-lo-no-futuro/

Quando o funcionário pode colocar a empresa na Justiça?

Em regra, o empregado tem 2 ANOS após ter sido demitido/ter pedido demissão para processar seu ex-empregador na Justiça do Trabalho. IMPORTANTE: Para a contagem deste prazo, não há diferenças entre os tipos de "saída" da empresa.

Fonte: https://eieiri.jusbrasil.com.br/artigos/475979471/quanto-tempo-tenho-depois-de-ter-saido-da-empresa-para-abrir-um-processo-trabalhista

Como processar uma empresa no Ministério do Trabalho?

Denúncia trabalhista por telefone

O Ministério do Trabalho e Emprego atende pelo telefone 158. Através do telefone da Ouvidoria do Ministério do Trabalho e Emprego, o delator da irregularidade trabalhista será encaminhado para o setor do MTE responsável por acatar as denúncias para que ela tenha continuidade.

 Fonte:https://www.pontorh.com.br/como-fazer-denuncia-trabalhista/

Quais os motivos para colocar a empresa na Justiça?

São diversos os motivos que fazem com que os funcionários recorram à Justiça do Trabalho: cobrança de verbas rescisórias, pagamento de horas extras, adicional de insalubridade, recolhimento de FGTS e indenização por danos morais são alguns exemplos.

Fonte:https://ahgora.com/blog/processos-trabalhistas-quais-sao-os-principais-motivos/

O que acontece se não pagar ação trabalhista?

Se você ou sua empresa não pagar uma dívida trabalhista, a Justiça do Trabalho pode tomar várias providências para pagar o trabalhador, A Justiça tentará penhorar, bloquear e vender os bens da sua empresa, mas, numa situação específica, poderá atingir seu patrimônio pessoal.

Fonte: https://joaodomingosadv.jusbrasil.com.br/artigos/771294472/o-que-acontece-se-voce-nao-pagar-uma-divida-trabalhista

Quantas audiências tem um processo trabalhista?

Geralmente, o processo trabalhista é dividido em duas audiências: a inicial, usada para a tentativa de acordo; e a de instrução, quando são ouvidas as partes envolvidas e as testemunhas.

Fonte:https://www.jornalcontabil.com.br/guia-processo-trabalhista-2019-saiba-como-funciona-e-conheca-as-principais-mudancas/

Quantos recursos pode ter um processo trabalhista?

Conforme o artigo 893 da CLT, das decisões proferidas pelos órgãos da Justiça do Trabalho são admissíveis os seguintes recursos; recurso ordinário, embargo de declaração, recurso de revista, agravo de instrumento, agravo de petição, embargos ao TST, agravo regimental, recurso adesivo e recurso extraordinário.

Fonte:https://cfurlanp.jusbrasil.com.br/artigos/295991084/os-recursos-no-processo-trabalhista

Como faço para saber o número de um processo trabalhista?

Para consultar um processo trabalhista, acesse o link http://www.tst.jus.br/processos-do-tst. Você terá várias opções, podendo consultar informando o número de identificação no TST, pelo nome do empregador ou pelo nome do advogado.

Fonte:http://www.institutocetro.org.br/consultar-processo-trabalhista-pelo-cpf/

O que é descontado em um processo trabalhista?

Em uma ação trabalhista é comum que sejam pleiteadas verbas de naturezas distintas. Por exemplo, na mesma ação, o trabalhador pode pedir salários atrasados, 13º, férias, verbas rescisórias, horas extras, indenização por dano patrimonial ou extrapatrimonial (moral), entre outros requerimentos.

Fonte:https://exame.com/carreira/quem-ganha-uma-acao-trabalhista-da-empresa-precisa-declarar-no-ir/

O que acontece se eu processar a empresa trabalhando?

Se um empregado processar uma empresa, trabalhando nela ou não, sem as provas necessárias, e ela comprovar que pagou todos os direitos, ele poderá ter que indenizar a empresa e arcar com as custas do processo. Essa não é uma situação rara, então, é importante estar preparado para que isso não aconteça!

Fonte:https://marcosrdias.com.br/processar-a-empresa-trabalhando-da-justa-causa/

O que é necessário para processar uma empresa?

  1. AS CAUSAS MAIS COMUNS NOS PROCESSOS TRABALHISTAS. São diversos os motivos que levam uma pessoa a processar a empresa que trabalhou. ...

  2. DIREITO TRABALHISTA DESRESPEITADO: COMO AGIR?

  3. TENTE UM ACORDO AMIGÁVEL. ...

  4. REÚNA O MÁXIMO DE PROVAS.

  5. CONTRATE UM ADVOGADO ESPECIALIZADO NA ÁREA TRABALHISTA.

Fonte:https://www.jesadvocacia.com.br/o-que-voce-precisa-saber-antes-de-processar-uma-empresa/

Quem devo procurar para processar uma empresa?

O consumidor que tiver a intenção de levar uma empresa aos tribunais deve ainda ficar atento à melhor forma de ser atendido pela Justiça. De acordo com a legislação, para causas com valores de até 40 salários mínimos, o consumidor deve buscar o Juizado Especial e estar acompanhado de um advogado.

Fonte:https://www.em.com.br/app/noticia/economia/2014/08/26/internas_economia,562530/consumidor-que-precisar-processar-empresa-deve-estar-munido-de-documentacoes.shtml

Quando se deve procurar o Ministério do Trabalho?

O cidadão pode procurar o Ministério Público do Trabalho em todo e qualquer caso de irregularidade trabalhista. 7 - Se eu denunciar a empresa em que trabalho e por esse motivo eu for demitido, o MPT tem como me ajudar? Ninguém pode ser despedido por fazer uma denúncia contra o empregador.

Fonte:http://www.guiatrabalhista.com.br/tematicas/mpt_dtos_trab.htm

Quanto tempo demora para o juiz dar a sentença trabalhista 2019?

Agora, os juízes do Trabalho têm 60 dias para proferir sentenças. O prazo começará a ser contado a partir dos 30 dias já delimitados pelo novo Código de Processo Civil para a apresentação de decisões de primeiro grau.

Fonte:https://www.conjur.com.br/2016-dez-01/juizes-trabalho-proferir-sentencas-60-dias-csjt

Qual a última instância da Justiça do Trabalho?

A Justiça do Trabalho possui três instâncias: Varas do Trabalho (primeira instância), Tribunais Regionais do Trabalho (segunda) e Tribunal Superior do Trabalho (última instância).

Fonte:http://www.granadeiro.adv.br/clipping/doutrina/2018/04/24/segunda-instancia-judicial-agora-define-tudo-fica-lei-trabalhista

O que significa iniciada a liquidação em um processo trabalhista?

A fase de liquidação processual consiste, em suma, no conjunto de atos que visam apurar e definir em valores exatos quanto o devedor deverá pagar ao credor.

Fonte:http://www4.trt23.jus.br/wikipje/index.php/Iniciar_Liquida%C3%A7%C3%A3o

Qual o valor do imposto de renda sobre ação trabalhista?

-Se um trabalhador ganhou R$ 10 mil em uma ação judicial, sendo R$ 3 mil de verbas indenizatórias e R$ 7 mil de verbas salariais e pagou R$ 2 mil ao advogado, ele deverá declarar, na ficha de Rendimentos Recebidos Acumuladamente, R$ 5 mil (R$ 7 mil menos os R$ 2 mil pagos).

Fonte:https://epocanegocios.globo.com/colunas/Financas-de-Bolso/noticia/2020/02/imposto-de-renda-2020-recebeu-alguma-indenizacao-saiba-como-declarar.html

Como denunciar irregularidades no trabalho?

  • O trabalhador precisa acessar o Canal Digital de Denúncias Trabalhistas no Portal Gov.br. Para isso, precisa cadastrar o CPF e uma senha na área de acesso. O canal pode ser usado para denúncias, reclamações e registro de irregularidades trabalhistas.

Fonte: https://www.agazeta.com.br/es/economia/trabalhador-agora-pode-denunciar-empresa-pela-internet-0520

Advogados para o seu Divórcio

Rua da Bahia 905, salas 905/906 - Centro Belo Horizonte

Tel.: (31) 2555-8280 Whatsapp: (31) 2555-8280

Email: jeanpierreadvg@gmail.com             
© 2019 - Direitos reservados.